Quem vem lá?

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Despedida


Quando fechamos a porta

e nos olhamos a andar

pela fresta que formava

uma sombra

bailarina


Eu quis poder

agarrar seu corpo no chão
Talvez em vão


Você diz que tem saudade

mas limita-se a espiar

do outro lado da janela

do seu jogo de menina


Como vou saber?

Onde está, o meu coração?


Meu bem é muito mais fácil

sonhar sozinho

Você disse que o meu pesadelo

é coisa de menino


Não sonhamos tão certo

Nem tão errado assim

Mas a bela sombra da tarde

ainda dança pra mim.


Letra e música: Pablo Bastos e Gustavo Landgreen

Um comentário:

Bagunceiro disse...

Caraio adorei a letra do seu brother....mew fiquei muito feliz em te ver....dei muitas risadas e foi mto bom. A próxima envolve praia e casa de Marina...
bjos e boa semana